Jardim do Palácio Fronteira

A audácia artística do barroco e a riqueza dos motivos clássicos num jardim de buxo

Aberto no(s) dia(s):

25

10:00 — 17:00

Largo São Domingos de Benfica 1

* Visita livre sujeita a limite de lotação

Encontrará neste jardim um universo de pormenores intrincados, inscritos nos azulejos e estatuária, que merece ser observado e descoberto, assim como uma bela búnia-búnia (Araucaria bidwillii).

O Palácio Fronteira foi construído entre 1671 e 1672 como pavilhão de caça de D. João Mascarenhas, 1.º Marquês de Fronteira. Situado na encosta nordeste da Serra de Monsanto, os seus grandiosos jardins totalizam cerca de 5,5 hectares.

Neste jardim dividido em vários núcleos, é evidente a explosão de cor e brilho, combinando azuis, vermelhos, ocres, verdes, numa experiência sinestética difícil de igualar.

Desde 1982 classificado Monumento Nacional, o Palácio Fronteira e os seus jardins são um dos lugares históricos mais emblemáticos de Lisboa e um exemplo na preservação delicada de património e da cultura, gerido pela Fundação das Casas de Fronteira e Alorna.