#bancosdejardim

Lugares de encontro, de descanso e de contemplação.

Exposições

São lugar de encontro, de primeiro beijo e despedidas, espaços de descanso e de contemplação, de amor e de amizade — os bancos de jardim. São convite em forma de peça, a oferta de um momento de pausa esculpido na macieza da madeira, na frescura da pedra ou na dureza do metal. A estrutura reinventada em múltiplos designs e, ainda assim, o reconhecimento da singularidade em formas icónicas e memórias familiares.

Este elemento de mobiliário, tantas vezes negligenciado, é uma mais-valia para as nossas vidas e para a nossa sociedade. Quando nos últimos meses nos vimos privados dele, percebemos a falta que nos faz. Estudos mostram que ficar sentado num ambiente natural durante meia hora pode reduzir drasticamente o stress, melhorar o humor e aumentar a produtividade.

Quem diria que uma peça de mobiliário urbano tão simples teria esse impacto?